Crochê

Máscara de crochê: inspirações e receita

Olá você! Espero que esteja saudável e segura em casa, enquanto tentamos lidar com a situação do COVID-19 da melhor maneira possível.

E à medida que as coisas avançam, novas medidas são necessárias, como o uso de máscaras por todo mundo, seja doente ou não. O problema é: esses itens de higiene como máscaras e álcool em gel já estão quase sempre esgotados nas prateleiras. Ou quando tem, subiram de preço.

Ter que comprar máscaras sempre – porque precisam ser trocadas com frequência – pode sair caro. Usar uma máscara reutilizável não é bom apenas pro bolso, mas também evita que a gente gere uma quantidade razoável de lixo. Se você precisa apenas se proteger para ir fazer compras, pode usar uma máscara caseira tranquilamente (e deixar as outras para os profissionais de saúde). E para as crocheteiras de plantão, pode ser uma fonte de renda extra, um projeto de quarentena, ou um bom presente para família e amigos.

Quer fazer as máscaras mas não tem linha? Veja nesse post aqui como comprar pela internet, e nesse outro aqui como calcular o preço para vender sua máscara.

Orientações para uso e confecção da sua máscara de crochê

Segundo informações obtidas no site do Ministério da Saúde, algumas recomendações precisam ser seguidas para a correta confecção, uso e manuseio da máscara:

  • Qualquer tecido serve, mas precisa ser dupla face. Assim, embaixo da eça de crochê, você precisa colocar 2 camadas de tecido, uma vez que a trama do crochê deixa passar bastante ar – principalmente se feita de lã.
  • O tamanho da máscara deve ser suficiente para sempre cobrir boca e nariz.
  • As tiras de amarração devem ser compridas o suficiente para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Isso é para garantir que a máscara estará sempre cobrindo boca a nariz.
  • A máscara é de uso individual e intransferível. O ideal é que cada membro da família tenha, pelo menos, 2 máscaras – porque ela precisa ser lavada após cada uso.
  • Use sempre que precisar sair de casa. Use até ficar úmida. Leve uma reserva na bolsa e uma sacola para guardar a máscara usada.
  • A máscara deve ser lavada ao chegar em casa. Água e sabão são suficientes, é só deixar de molho por cerca de 30 minutos.

Agora que a gente já sabe como que as máscaras funcionam, eu separei alguns modelos de inspiração. Afinal, a máscara não precisa ser sem graça.

Inspirações de máscara de crochê

Máscara de crochê
Receita aqui.
Máscara de crochê para crianças
Daqui.
Máscara de crochê para crianças
Daqui.
Máscara de crochê
Daqui.
Máscara de crochê
Daqui.
Máscara de crochê
Daqui.

Faça você mesma

A máscara de crochê que eu fiz pra mim, essa branca da foto, usei uma receita gratuita que você pode encontrar aqui. Como está começando a fazer frio, fiz a minha usando lã acrílica e reforcei a camada de tecido por baixo.

Variação de cor com linha de algodão, proposta pelo site da receita.

Foto daqui.

A receita é em inglês, então eu deixo aqui a tradução do crochê. A camada de pano que vai por baixo é muito simples, basta seguir o desenho da máscara e costurar por trás. Espero que goste! E ah! Acho que em menos de 1 hora você faz a sua, é realmente muito simples. As personalizações ficam a gosto.


Receita: Máscara de crochê

Materiais:

  • Agulha de crochê 5 mm
  • Agulha de tapeçaria
  • Tesoura
  • Linha compatível com a agulha – eu usei dois fios de lã.

Passo a passo:

  1. Faça 29 correntinhas.
  2. Carreira de base: faça 1 ponto baixíssimo na segunda correntinha a partir da agulha, outro ponto baixíssimo na correntinha seguinte; 1 ponto baixo nas próximas 4 correntinhas; 1 meio ponto alto nas próximas 16 correntinhas; 1 ponto baixo nas próximas 4 correntinhas; 1 ponto baixíssimo em cada uma das duas últimas correntinhas. Vire. (Restaram 28 pontos)
  3. Carreira de repetição: 1 correntinha. Trabalhe apenas na alça de trás da carreira anterior. 1 ponto baixíssimo em cada um dos dois primeiros pontos; 1 ponto baixo nos próximos 4 pontos; 1 meio ponto alto nos próximos 16 pontos; 1 ponto baixo nos próximos 4 pontos; 1 ponto baixíssimo em cada um dos dois últimos pontos. Vire.
  4. Repetir essa carreira até que a máscara cubra completamente nariz e boca.
  5. Última carreira: 1 correntinha. Trabalhe apenas na alça de trás da carreira anterior. 1 ponto baixíssimo em cada um dos dois primeiros pontos; 1 ponto baixo nos próximos 4 pontos; 1 meio ponto alto nos próximos 7 pontos; 2 meio ponto alto fechados junto [uma laçada, passe a agulha na alça de trás do ponto seguinte, sem voltar com a agulha, passe novamente a agulha na alça de trás do ponto seguinte (2 pontos juntos), dê a laçada e volte passando pelas duas alças de trás, dê a laçada e finalize o ponto]; 1 meio ponto alto nos próximos 7 pontos; 1 ponto baixo nos próximos 4 pontos; 1 ponto baixíssimo em cada um dos dois últimos pontos. Não vire.
  6. Alças e acabamento: continuando de onde termina a última fileira faça *50 correntinhas (a receita pede 59, mas 50 funcionou bem pra mim). Comece com 1 ponto baixíssimo na segunda correntinha a partir da agulha e então siga fazendo um ponto baixíssimo em cada correntinha*. Terminadas as correntinhas, faça o acabamento da lateral em ponto baixíssimo até chegar à ponta seguinte. Repita de * a *. Siga com o acabamento em ponto baixíssimo na parte inferior da máscara, até chegar ao outro lado. Repita de * a *. Faça o acabamento em ponto baixíssimo até o último canto da máscara. Repita de * a *. Finalize com o acabamento em ponto baixíssimo na parte superior da máscara. Corte o fio e arremate.
  7. Corte duas camadas de tecido e costure no lado avesso da máscara.
  8. Siga as recomendações do Ministério da Saúde e aproveite!

Dúvidas? Deixe nos comentários ou mande uma mensagem lá no meu perfil do Pinterest.

Um abraço e se proteja!

Você também pode gostar...