Dicas Culinárias, Receitas, Sushi

Sushi em casa é possível!

Olá pessoal! Quem aí gosta de sushi?

Eu fiquei bem viciada nos últimos anos, confesso. Desde que comecei a frequentar restaurantes japoneses e chineses, ficava imaginando o quão difícil devia ser fazer os sushis.

Sushi em casa é possível!

Nesse meio tempo, conheci meu namorado que é mais fan ainda dessa culinária do que eu, e no Natal passado eu dei de presente pra ele um kit com os principais utensílios pra fazer e comer comida japonesa.

A minha ideia era que, se a gente é tão fan, podíamos tentar fazer em casa pois geralmente comida caseira fica mais gostosa e sai bem mais em conta que as de restaurante, concordam? 🙂

Sushi em casa é possível!

Pra começar então, fomos a uma feira local aqui em Vila Isabel, bairro da região norte do Rio, e compramos salmão, atum e cebolinha. O cream cheese, a alga e o vinagre achamos no supermercado e o arroz próprio pra comida japonesa eu trouxe de Brasília. Não que não tenha esse arroz aqui no Rio, tem, mas eu tava na loja especializada em Brasília e comprei junto com as coisinhas do kit, hehe.

Sushi em casa é possível!

Ah, e teve também no presente um livro:

Sushi em casa é possível!

Nós também assistimos a essa aula no Youtube:

O arroz: ingrediente principal

Pra começar, o arroz deve ser feito com algumas horas de antecedência pra chegar na temperatura ambiente depois de pronto. Não dá pra colocar arroz quente em contato com o peixe cru, não é mesmo?

A gente meio que esqueceu dessa parte e eu acabei colocando o arroz pra esfriar no congelador. Dá certo também, é só ficar de olho e misturar às vezes. A receita do arroz e do molho vocês encontram no fim do post.

Esse molho é feito com o vinagre de arroz, sal e açúcar e é o que dá aquele gostinho característico do arroz japonês. Eu acredito que dá pra fazer sem esse molho, mas eu recomendo muito que vocês o utilizem quando forem fazer em casa.

Para o arroz ficar brilhando, faça como o sushiman falou no vídeo: abane enquanto mexe delicadamente o arroz depois de pronto. Funciona mesmo!

Os recheios que a gente escolheu foram pepino, cebolinha, atum, salmão e cream cheese. Daí fomos variando entre as peças.

Então chegou a hora de enrolar o sushi. Dizem que homens são melhores para fazer, pois geralmente têm a mão mais fria do que as mulheres… Não sei se isso é verdade pra todo mundo, mas pro nosso caso foi, pois minhas mãos são super quentes naturalmente, inclusive tenho alguma dificuldade quando vou trabalhar com chocolates por causa disso… 🙁

Daí que quem colocou a mão na massa foi o Thiago (e parece que ele tem uma facilidade natural pro negócio, devo dizer).

Primeiro você coloca um filme plástico na esteira própria pra sushi. Se não tiver essa esteira, não dá pra fazer os sushis enrolados, apenas temakis e modelar as bolinhas de arroz para colocar o filé de salmão em cima, sabem?

Esteira revestida de filme, coloque a alga alinhada com a parte de baixo da esteira, espalhe arroz na metade inferior e coloque o recheio no meio. Mais ou menos assim:

Sushi em casa é possível!

Depois, é só enrolar a esteira.

Sushi em casa é possível!

Eu sugiro que vocês assistam o vídeo ou outro vídeo mais curto se não tiverem paciência pra esse, pra entender direito como é o movimento de enrolar.

Parece difícil mas nem é tanto assim, juro!

Depois é só cortar o roll em partes iguais. Se não quiser usar a alga, funciona do mesmo jeito, só tem que enrolar menos.

Manter uma vasilha com água por perto facilita, pra molhar a mão e a faca entre cada manuseio, pois o arroz gruda nas superfícies.

É claro que nem todos os sushis ficam lindos. O das pontas, por exemplo, são mais difíceis de ficarem certinhos.

Sushi em casa é possível!Sushi em casa é possível!

E pra uma primeira tentativa, nós achamos que os nossos ficaram bem bons!

Sushi em casa é possível!

Ah, uma recomendação importante: nós compramos um shoyu daqueles que vem numa garrafa de 1 litro e não foi legal, era aguado e sem sal até demais… Quem não abre mão de molhar o sushi no shoyu, invista em um de qualidade, pois valerá a pena 🙂

Além de sushi, teve sashimi e sunomono também

O sunomono ficou bem gostoso também, é só temperar o pepino cortado bem fino com o mesmo molho do arroz 🙂

Sushi em casa é possível!

 

Agora os sashimis não saíram tão legais porque não tínhamos uma faca com um bom corte (recomendo uma faca afiada antes de tentarem!).

Sushi em casa é possível!

Mas a gente comeu assim mesmo 😛

Sushi em casa é possível!

Pra essa nossa receita, nós compramos meio quilo de cada peixe, salmão e atum, e usamos 300 gramas de arroz (medida dele cru). E olha, rendeu bastante, entre sushis e sashimis, como vocês podem ver pelas fotos!

Então se você vai fazer pra umas quatro pessoas, acho que essa quantidade é boa, mas se vai fazer pra duas pessoas, talvez só meio quilo total de peixe seja suficiente.

Sushi em casa é possível!

Façam em casa! Garanto que vão gostar e se divertir fazendo!

Arroz para sushi
 
Tempo de preparação
Tempo de cozimento
Tempo Total
 
Receita de arroz para sushi sem complicações.
Autora:
Tipo de Receita: Prato Principal
Cozinha: Oriental
Porções: 4
Ingredientes
  • Para o arroz:
  • 300 g de arroz para sushi
  • 400 ml de água
  • Para o molho:
  • 200 ml de vinagre
  • 150 g de açúcar
  • Uma pitada de sal
Modo de Preparo
  1. Para o molho:
  2. Misture bem todos os ingredientes ate dissolver todo o açúcar.
  3. Leve ao fogo alto e assim que ferver, deixe por aproximadamente 5 minutos e desligue.
  4. Empregue no arroz ainda quente.
  5. Essa medida de molho é para 1 kg de arroz (medida dele cru), então para a nossa receita, utilizamos cerca de ⅓ e o restante rendeu para 4 porções de sunomono.
  6. Para o arroz:
  7. Lave o arroz e deixe escorrendo por meia hora.
  8. Coloque em uma panela de fundo grosso e que tenha tampa. Junte a água, misture e leve ao fogo baixo. Tampe a panela.
  9. Deixe cozinhar. Leva mais ou menos 20 minutos e quando estiver pronto você vai ouvir um barulho vindo da panela (é sério! Faz barulho mesmo!). Assim que ouvir o barulho, desligue o fogo e deixe mais 10 minutos tampado.
  10. Passados os 10 minutos, transfira o arroz para uma vasilha de vidro e regue com o molho, misturando delicadamente para não desmanchar os grãos.
  11. Coloque um pano úmido sobre o arroz e deixe atingir a temperatura ambiente para empregar.

 

Algumas dicas para o manuseio de alimentos:

Utilize uma tábua diferente para cada tipo de carne. Por exemplo, uma tábua para peixes, outra para carnes vermelhas, outra para carnes brancas.

Utilize também uma tábua exclusiva para vegetais, frutas e legumes.

Caso não possua uma tábua para cada tipo de alimento, lave bem a tábua antes de passar para o próximo alimento. Isso é muito importante, pois evita a contaminação cruzada entre alimentos.

Compre peixe fresco e mantenha-o na geladeira até o momento do uso. Não lave o peixe em água corrente, isso pode causar contaminação cruzada.

Lave bem as mãos entre cada preparo.

Se quiser se aprofundar um pouco mais no assunto, dá uma olhada nessa cartilha da Anvisa. Esse é um assunto muto longo e eu só quis dar umas dicas, mas quem sabe no futuro faço um post sobre isso, o que acham?

Deixe uma resposta